24/07/2013

Palavras Chamam a Atenção de Deus, Mas Só as Atitudes Atraem Sua Presença

Palavras Chamam a Atenção de Deus, Mas Só as Atitudes Atraem Sua Presença
O que seria de nós, não fosse o sacrifício de Jesus na cruz do calvário em favor de todos, sejam bons ou não. Suas palavras, com certeza, cairiam no esquecimento e hoje não teríamos porque acreditar Nele, nem mesmo em servi-lO. Ele, através de Sua atitude morrendo e ressuscitando da cruz implantou o Seu Reino no coração de todos que O recebeu e disse que éramos pra pedir a Deus que Sua vontade fosse feita aqui na terra, assim como ela é feita lá no céu.
E Sua vontade é que O sirvamos não por obrigação ou medo, mas por gratidão pelas muitas coisas que Ele fez e faz por nós, principalmente pelo seu sacrifício na cruz em favor de todos. O Seu reino não precisa de voluntários, sim de servos. Pessoas que, agradecidas pelo Teu sacrifício e grande amor demonstrado na cruz, se dispõem a servi-lO sem olhar a quem e nem perguntar se tais pessoas merecem ou não serem servidas. Não se consegue servir a Deus, se não estiver disposto a servir as pessoas.
Só se serve a Deus servindo as pessoas. Por isso não é fácil ser servo de Deus, pois muitos não estão dispostos a saírem de sua “zona de conforto”, colocar suas vidas e bens a serviço de um reino e de pessoas que, muitas vezes, nem as conhecem ou nem acham que mereçam serem servidas. Reafirmando, o reino de Deus não precisa de voluntários e sim de servos! Servo não discute com seu Senhor, apenas O obedece.
Como exemplo, Jesus, tomando uma bacia de água e cingindo de uma toalha, começou a lavar os pés dos apóstolos. Quando terminou ele perguntou a eles: Vocês entendem o que fiz com vocês? Vocês me chamam de Senhor e mestre, dizei-o bem, pois Eu sou. Eu, o Senhor e mestre, vos lavei os pés. Também deveis lavar os pés uns dos outros, para que, como eu o fiz, façais também (João 13). Os primeiros a serem servidos são os de nossa própria casa.


Quantos maridos não conseguem, sequer, servir sua esposa ou filhos e não abrem mão de um momento de descanso para servi-los com amor, atenção, carinho, palavras de encorajamento ou, simplesmente, estar perto para que sintam sua presença e proteção. E quantas mulheres que, ao invés de gastarem um tempo precioso ouvindo e ensinando seus filhos, acariciando e servindo, com amor, seus esposos preferem passar horas assistindo novelas ou programas que não trazem nada a não ser mensagem de lares destruídos por traição, mentiras e outras coisas que, com certeza, embora existam, não fazem a vontade de Deus.
E muitas ainda perguntam a Deus porque sofrem tanto. Quem quer servir a Deus não perde seu tempo servindo coisas que não edificam. O mundo pode até viver um inferno, mas o seu lar precisa ser o céu aqui na terra para que seus filhos e todos que o procuram sejam contagiados pelo amor de Deus. Quer ter a presença de Deus em sua vida? Tome uma atitude de fé e faça algo pelo seu reino. Seja praticante, não apenas ouvinte da Sua Palavra. Sirva-O