31/03/2013

Sobre Abrão




PATRIARCA Filho de Taré, neto de Nacor, bisneto de Sarug, trineto de Reu, tetraneto de Faleg e descendente de Arfaxad, de Sem e de Noé. Provavelmente nasceu por volta de 1.899 a.C (contemporâneo de Hamurabi) na cidade de Ur (nas proximidades de Babel), na Caldéia (no atual Iraque). Filho de um fiel e crente servidor do Senhor, Abrão foi o escolhido por Javé (após o episódio da Torre de Babel) para dar origem ao chamado “povo eleito”, o qual deveria observar os ensinamentos e manter-se na reta conduta de Deus. Como seus conterrâneos eram idólatras pagãos, Javé ordenou-lhe que abandonasse sua terra natal para que assim pudesse evitar a contaminação em sua fé e acompanhado por seu pai, por Sara (sua sobrinha e esposa) e por Ló (seu sobrinho), Abrão, aos 75 anos, emigrou para Harã, na Mesopotâmia, depois seguiu para Siquém e depois para o Egito, donde voltou para fixar-se nas proximidades de Betel, no país de Canaã, sempre conservando a fidelidade em Javé. Quando tinha 99 anos, Javé anunciou-lhe que Sara (que até então fora estéril) daria à luz um menino que herdaria a sua missão e efetivamente nasceu-lhe Isaac. Além dele, Abrão também foi o pai de Ismael, gerado com Agar (a serva de Sara, conforme os costumes da época), que foi o ancestral dos árabes, enquanto que Isaac foi o ancestral da linhagem que no futuro teria em Jesus – o Messias - o seu ápice. Abrão viveu até os 175 anos e desfrutou de uma velhice serena e feliz. Abrão, em hebraico, significa: Ab=pai Raham= “hamon”, isto é: “multidão”.

Leia mais em: Bíblia Comentada por Versículo - Personagens Bíblicos